segunda-feira, 13 de junho de 2011

O imprevisível desagradável

Não sou fã desses choques que temos ao ver algo inesperado.
Sei lá, surpresas pra mim não são bom.
O inesperado talvez pode não ser agradável.
Talvez até as surpresas boas se tornam desagradáveis.
Não gosto de presente, pois não sei fingir gostar de algo que não curti de verdade.
Na verdade não sei fingir em nada, falsidade não existe em mim.
Não que eu seja uma pessoa idiota que curta coisas previsíveis.
Eu apenas tenho medo do imprevisível.

                      Miguel Fernandes

Nenhum comentário:

Postar um comentário